marcaminas

 

Conselho Estadual de Política Cultural

Arquivo Público Mineiro encerra a 5ª Semana Nacional de Arquivos com capacitação gratuita

Em continuidade às programações da 5ª Semana Nacional de Arquivos, celebrada pelo do Dia Internacional dos Arquivos, 9 de junho, o Arquivo Público Mineiro (APM) realiza, nestas quinta e sexta-feira (10/6 e 11/6), o minicurso gratuito de Noções de Conservação de Documentos, voltado para a capacitação de profissionais que trabalham diretamente com acervos arquivísticos.

O conteúdo é voltado para a apresentação de técnicas e princípios básicos de conservação preventiva e os participantes receberão certificados de conclusão. Ao todo, 462 pessoas se inscreveram, inclusive de outros estados brasileiros e de países da Europa e América do Sul.

As comemorações da 5ª Semana Nacional de Arquivos tiveram início na última segunda-feira (7/6) com a live “10 anos da Política Estadual de Arquivos de Minas Gerais”, que teve a proposta de avaliar os avanços obtidos a partir da promulgação da Lei Estadual 19.420/2011 e os novos desafios trazidos pela última década para o cumprimento da Lei.

 O evento virtual contou com a presença do subsecretário de Cultura da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), Maurício Canguçu; da diretora do APM, Luciane Andrade Resende, do coordenador de Arquivos Permanentes do APM, Denis Silva; do diretor-Executivo de Gestão da Informação Documental do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), Fernando Rosa de Sousa; e do Gerente de Gestão Arquivística da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Welder Antônio Silva.

Na quarta-feira (9/6), aconteceu a live “10 anos da Lei de Acesso à Informação”, com a participação da superintendente Central de Transparência da Controladoria Geral do Estado (CGE/MG), Soraia Ferreira Quirino Dias. A atividade propôs uma reflexão entre a Lei de Acesso à Informação e as atividades de arquivo, tendo como questões centrais a construção de culturas de transparência pública, a gestão da informação arquivística e os desafios da transparência e do sigilo nos documentos eletrônicos.

“Estamos muito felizes pelo diálogo que estabelecemos com os representantes do Tribunal de Justiça, da Assembleia Legislativa e da Controladoria-Geral do Estado nesta edição da Semana Nacional de Arquivos, em torno de objetivos e preocupações comuns que ligam as instituições do Estado em torno das atividades de arquivo. O Arquivo Público Mineiro também agradece especialmente ao público que está acompanhando as atividades e que se engaja e nos apoia nas atividades de promoção do patrimônio documental mineiro, tão importante como fonte de atividades culturais do Estado”, ressaltou a diretora do APM, Luciane Andrade Resende.

As duas lives tiveram mais de 400 visualizações no canal da Secult no Youtube.

Reconhecimento

O secretário de Estado de Cultura e Turismo, Leônidas Oliveira, destaca que a participação do APM em mais uma edição da Semana Nacional de Arquivos confirma o importante trabalho que a instituição tem realizado ao longo de mais de um século para a preservação da memória documental do estado.

“Com 125 anos, o Arquivo Público Mineiro é uma de nossas instituições mais antigas e tem papel fundamental na conservação da história de Minas Gerais por meio de diversos documentos. A programação proposta para a Semana Nacional de Arquivos é um estímulo ainda maior para que os debates sobre democratização de acervos documentais sejam intensificados. E é por meio dessas ações que podemos fortalecer a atuação do Arquivo Público Mineiro e consolidar as políticas públicas destinadas aos arquivos do estado”, diz o secretário.

 MG 2818